Aras pede instauração de notícia-crime contra Carla Zambelli no caso das mensagens com Moro

(Foto: Divulgação)

O procurador-Geral da República, Augusto Aras, pediu a instauração de notícia-crime junto ao Ministério Público Federal contra a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, tinha pedido para a PGR se manifestar sobre o caso em 26 de maio após pedido do PT.

Leia também:

Os petistas acusaram Zambelli, fiel apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de ter cometido tráfico de influência e de advocacia administrativa após troca de mensagens com o ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O pedido dos parlamentares do PT foi apresentado ao Supremo no final de abril, dias depois de Moro ter deixado o cargo no governo acusando Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal,

Na troca de mensagens, a deputada queria que Moro aceitasse a troca na PF desejada por Bolsonaro por uma promessa de apoio ao nome de Moro ao STF.

Para os petistas, o comportamento de Zambelli configura ato “potencialmente ilegal" por ter envolvido a promessa de uma vaga no STF em troca da mudança na PF.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.