Argentina aprova uso medicinal da maconha

Buenos Aires, 29 mar (EFE).- O Senado da Argentina aprovou nesta quarta-feira e transformou em lei o projeto que aprova o uso medicinal da maconha no país, um texto que já tinha obtido sinal verde da Câmara dos Deputados em novembro de 2016.

A proposta, que garante a certos pacientes o acesso ao óleo de cannabis, habilitando a importação até que o governo esteja em condições de produzi-lo, foi aprovada por unanimidade pelos 58 senadores argentinos.

Defendido por organizações civis como "Mamá Cultiva", integrada por mães cujos filhos precisam do óleo de cannabis para aliviar os efeitos de suas doenças, o projeto autoriza que a maconha seja produzida por vários órgãos científicos estatais, com fins de pesquisa, mas não permite o cultivo particular. EFE