Argentina fecha fronteiras por 15 dias devido ao coronavírus

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou neste domingo (15) que fechará por 15 dias as fronteiras do país, em reação ao avanço do coronavírus pelo continente.

O país faz fronteira com Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai e Bolívia.

Até o dia do anúncio, a Argentina registrava 45 casos confirmados de infecção pelo vírus no país, com duas mortes.