Argentina fecha fronteiras e suspende aulas por coronavírus (oficial)

O presidente argentino participa em Buenos Aires de reunião com ministros e governadores sobre o novo coronavírus

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou em entrevista coletiva, na noite deste domingo, a suspensão das aulas e o fechamento das fronteiras do país, ambas as medidas até 31 de março, para frear o novo coronavírus.

"Fechamos as fronteiras da Argentina", disse Fernández, assinalando que a medida vale apenas para quem entra. Não há bloqueio de saídas do território nacional.