Argentina permite registro de identidades não binárias em documento

O documento de identidade nacional da Argentina acrescenta a partir desta quarta-feira a opção "X" na definição do gênero, além de masculino e feminino, segundo um decreto presidencial que coloca o país na vanguarda do tema na América Latina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos