Francesa é condenada a 8 anos de prisão após matar 5 filhos

Paris, 23 mar (EFE).- Uma mãe francesa foi condenada a oito anos de prisão por ter assassinado cinco filhos recém-nascidos entre 2009 e 2015, segundo a sentença determinada nesta sexta-feira pelo Tribunal Penal de Bordeaux.

Ao cumprir a pena, Ramona Canete, de 37 anos, deverá ser submetida a um acompanhamento sociojurídico durante cinco anos e sob mandado judicial de assistência médica, acrescentou o tribunal. O procurador Xavier Chavigné havia pedido 12 anos de prisão contra a acusada.

Em 2015, cinco bebês mortos foram descobertos, quatro em um congelador e um dentro de uma bolsa isotérmica, na residência da mãe na cidade de Louchats, no sudoeste da França, onde morava com o marido e duas filhas, de 17 e 19 anos. Foi uma das filhas quem deu o alerta após encontrar o corpo do recém-nascido sem vida na bolsa.

Segundo a versão da mãe, ninguém de seu entorno chegou a saber das gestações já que usava "roupas muito largas" para esconder o tamanho da barriga.

Apesar de ter insistido que não se lembrava com precisão dos fatos até o julgamento, que começou na segunda-feira passada, Canete confessou que deu à luz em segredo e deixou os filhos na água da banheira antes de congelar os corpos. EFE