Ariadna é a terceira eliminada de 'No limite' e a primeira a sair da equipe Carcará

·2 minuto de leitura

A terceira eliminada do programa "No limite" foi Ariadna. A participante da equipe Carcará foi a mais votada no portal do programa. Esta é a primeira eliminação dos laranjas. Ela recebeu votos de participantes como Marcelo Zulu e Íris Stefanelli.

No primeiro episódio do programa, Ariadna havia confessado que não estava com um bom condicionamento físico, já que não praticava exercícios regularmente nos úlitimos meses.

Em entrevista a Ana Clara, depois do episódio, Ariadna falou que entendeu os argumentos dos colegas de grupo, mas que também via motivos para os participantes votarem na Íris, já que ela estava reclamando de algumas coisas no jogo.

Neste terceiro episódio, a prova de imunidade foi de resistência em grupo. Eles precisavam segurar sacos de 5kg acima do ombro. Os participantes que desistiam precisavam passar o peso para outro colega. Quando algum peso caia, a equipe era eliminada.

Marcelo Zulu e Gui Napolitano foram os primeiros que deixaram a prova, ambos da equipe Carcará. Depois disso, Lucas Chumbo acabou deixando cair um dos três sacos que carregava.

Antes disso, as equipes Calango e Carcará disputaram ainda a prova do privilégio, vencida pelos verdes. Nela, os participantes tinham que passar por um circuito de obstáculos, carregando dois jarros nas costas, com eles pendurados em um pedaço de bambu. Depois disso, um participante de cada equipe precisava destruir os jarros usando uma bola pendurada em uma corda. Os vencedores ganharam mais insumos, incluindo camarão seco.

Em um momento do episódio, Kaysar brincou com a aproximação de Carol Peixinho e Arcrebiano, depois de ela coçar as costas dele. Questionado sobre o assunto, Bil respondeu: "Quem sabe, né? Eu estou solteiro e ela também".

A terceira semana ainda foi marcada por discussões na equipe Carcará, que ainda está em vantagem no número de participantes. Ariadna reclamou de comentários de pessoas da equipe, e Viegas expôs sua insatisfação, depois de achar que alguns jogadores do time ficaram em condições de dormir melhor em uma noite chuvosa. Íris Stefanelli rebateu os argumentos dele.

As equipes agora ficaram assim.

Carcará (laranja) - Íris Satefanelli, Lucas Chumbo, Viegas, Paula Amorim, Gui Napolitano, Elana e Marcelo Zulu.

Calango (verde) - Jéssica, Carol Peixinho, Kaysar, André, Arcrebiano e Gleici.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos