Ariadna Arantes é a terceira eliminada do reality No Limite

·3 minuto de leitura
**ARQUIVO** RIO DE JANEIRO, RJ, 03-03-2011: Ariadna Arantes durante o Baile de Gala da cidade do Rio de Janeiro. (Foto: Paula Giolito/Folhapress)
**ARQUIVO** RIO DE JANEIRO, RJ, 03-03-2011: Ariadna Arantes durante o Baile de Gala da cidade do Rio de Janeiro. (Foto: Paula Giolito/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ariadna Arantes foi eliminada do reality show No Limite (Globo), tornando-se a terceira eliminada da atual edição do programa. Desse modo, ela está fora da disputa pelo prêmio de R$ 500 mil.

A ex-participante do BBB 11 foi a mais votada pela própria tribo, a Carcará, para sair da competição. Ela recebeu os votos de pelo menos 5 colegas -como matematicamente já estava eliminada, os demais não foram mostrados.

Ao longo dos episódios, Ariadna não conseguiu superar as limitações físicas que tinha para enfrentar boa parte das provas. O momento mais relevante no programa, no entanto, foi durante a convivência no acampamento de sua tribo.

Mulher trans, ela disse que teve de recorrer à prostituição por não ter tido oportunidades, mas Íris Stefanelli rebateu a afirmação. No papo, Íris disse que ela tinha outras opções que poderia ter escolhido, mas Ariadna emendou dizendo que Íris era uma mulher loira, branca, cisgênero, de olhos claros e que teve acesso a muitas oportunidades.

A equipe que cuida do perfil oficial de Íris no Instagram se posicionou contrária à fala da participante do BBB 7 e soltou uma nota se desculpando pelo ocorrido. Temos a certeza de que, assim que ela voltar à realidade e assistir às suas falas, vai se desculpar com todos e buscar se informar sobre essa triste realidade", dizia o texto.

O episódio começou com a Prova do Privilégio, que consistia em atravessar um circuito equilibrando dois jarros nas costas para posicioná-los em pedestais que estavam do outro lado. Após levar todos os jarros, a equipe inteira precisava passar para o outro lado do circuito, onde os vasos precisavam ser arrebentados com uma bola amarrada a uma corda

A equipe Calango foi a vencedora. Pela conquista, eles ganharam regalias como abacaxis, cenouras, batatas-doce e camarões. Os itens foram bastante comemorados, pois os integrantes estavam sem comida, chegando a se alimentar com cactos nativos da região.

Na sequência, foi a vez da Prova da Imunidade. Dessa vez, eles precisavam distribuir 40 kg entre 6 participantes, em sacos de 5 kg. Caso alguém desistisse, teria que passar o peso que estava segurando para outra pessoa da mesma equipe.

Os integrantes da Calango venceram novamente, após Lucas Chumbo, da Carcará, desequilibrar um dos pesos e deixá-lo cair. No momento, o surfista estava segurando 15 kg após as desistências de Marcelo Zulu e Gui Napolitano. Com isso, a Carcará teve que eliminar um de seus participantes.

Durante o programa, também foi mostrado que Carol Peixinho e Arcrebiano estão se aproximando. Também houve discussões sobre o dia a dia nos acampamentos, em especial na tribo Carcará, que não se preparou para a chuva que caiu durante a noite. Além disso, Kaysar Dadour teve que levar pontos após cortar a mão enquanto fatiava batatas.

VEJA QUEM VOTOU EM QUEM

Marcelo Zulu - Ariadna

Viegas - não foi mostrado

Íris Stefanelli - Ariadna

Paula Amorim - não foi mostrado (provavelmente votou em Ariadna)

Ariadna - Íris Stefanelli

Elana - não foi mostrado

Lucas Chumbo - não foi mostrado

Gui Napolitano - não foi mostrado

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos