Armário de cozinha: saiba qual material escolher

O armário de cozinha tem como principal função guardar mantimentos e utensílios de forma organizada. Muitas vezes extensão da área de convivência, a cozinha é um local onde os moradores preparam as refeições e podem também receber os convidados. Na hora da compra, entre muitas dúvidas, muita gente se pergunta qual material escolher. Confira a seguir as dicas preparadas pelo Shoptime para acertar na hora da escolha.

Os armários de cozinha costumam ser fabricados com dois tipos de materiais: madeira e aço inoxidável. A primeira opção tem a vantagem de ser duradoura e possibilitar várias formas de acabamento; no entanto, nem sempre consegue se adaptar a um ambiente com umidade, o que pode comprometer a vida útil do móvel.

Na hora da escolha, também pode surgir a dúvida entre MDP e MDF. A principal diferença está na sua estrutura interna. Por conta da sua composição, o MDF é um material mais maleável, que permite a manipulação sem o estrago do material. Por esse motivo ele costuma ser utilizado em artesanato e na fabricação de móveis com acabamentos mais elaborados, como curvas e contornos.

Já o MDP, devido às três camadas internas, tem uma maior resistência estrutural. Ou seja, ele não oferece tanta maleabilidade e funciona melhor em superfícies planas, como portas, prateleiras, painéis, fundos de gaveta, entre outras.

Em resumo, um armário de cozinha em MDP possui maior resistência ao montar e desmontar, além de não inchar com facilidade. Já um armário de cozinha em MDF tem uma superfície mais uniforme, ou seja, seu acabamento em relação a um armário em MDP é mais vantajoso.

Já os armários de aço inoxidável deixam a decoração com um toque mais contemporâneo, além de oferecer resistência para a rotina da cozinha. Podem ser encontrados em uma grande variedade de cores para combinar com o ambiente, com vários modelos bem diferenciados.

São fáceis de limpar, pois em contato com a umidade não danificam o móvel. Vale lembrar que é importante ter cuidado com o que será usado na hora da higienização – esponjas ásperas, por exemplo, podem riscar a peça.

A seguir, confira mais dicas para acertar na hora de adquirir o móvel para a sua cozinha.

Há vários modelos de armário de cozinha, que se diferenciam com relação ao tamanho, preço, materiais e estilo. A escolha do móvel precisa levar em conta as necessidades dos moradores e também os demais elementos que compõem o ambiente, pensando sempre em um local harmonizado. Além de pensar na decoração, o morador precisa escolher um móvel proporcional ao tamanho da cozinha e também considerar a quantidade de itens que precisam ser armazenados.

Na hora de planejar a decoração da cozinha, é preciso considerar a verba disponível. Tenha em mente que o armário não pode comprometer todo o orçamento se você não contar com os demais móveis e eletrodomésticos necessários para o dia a dia.

Para encontrar o armário ideal, considere as medidas dos eletrodomésticos antes de definir o layout do cômodo. Numa cozinha linear, os móveis e eletrodomésticos ficam alinhados no espaço. No entanto, se a divisão tiver um formato em L, é muito importante instalar móveis que aproveitem bem todos os cantos.

Se o orçamento não for problema, vale a pena investir na compra de um armário planejado para a cozinha. Feito sob medida, este modelo aproveita cada centímetro do ambiente. Por outro lado, se você mora em uma casa ou apartamento alugado, a sugestão é adquirir um modelo que possa ser reaproveitado depois em caso de mudança. Nesse caso, não vale a pena investir em móveis planejados.

O armário pronto é outra opção para quem está decorando a cozinha. Ele é fabricado com acabamentos, materiais e tamanhos populares. Seu preço costuma ser bem mais acessível do que o planejado.

As medidas de cada móvel devem ser definidas de acordo com a área disponível. O volume de coisas que precisam ser guardadas também deve ser levado em consideração. Na cozinha, o ideal é que os gabinetes superiores sejam instalados 60 cm acima da bancada. Já a profundidade dos armários pode variar de 35 cm a 40 cm: se for menor que 35 cm, não cabe um prato. Já se for maior que 40 cm, você pode bater a cabeça.

Para favorecer a sensação de amplitude, muitos especialistas recomendam incluir um armário branco na decoração. Já os móveis coloridos deixam a cozinha com um ar mais divertido, enquanto os de madeira deixam o ambiente com um ar rústico e mais acolhedor.

A estrutura do armário deve oferecer condições para organizar a cozinha. É fundamental que o móvel tenha repartições bem definidas, como prateleiras, gavetas, gavetões e nichos com portas. Os melhores modelos de armário para cozinha são aqueles que apresentam gabinetes com portas ou gavetões, gaveteiros e módulos aéreos.

- Móveis e eletrodomésticos indispensáveis para o primeiro apartamento: veja lista.

Que tal agora dar uma passadinha pelo Shoptime para escolher um armário para a sua cozinha? Você pode comprar pelo site ou baixar, nas principais lojas de aplicativos dos smartphones, o app Shoptime, que tem descontos exclusivos e permite acompanhar o status da sua entrega, além de muitas outras vantagens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos