Aviões bombardeiam arredores de hospital na Síria após ataque químico

Cairo, 4 abr (EFE).- Aviões de guerra de origem desconhecida atacaram nesta terça-feira as imediações de um "centro médico" na cidade de Khan Shijun, no sul da província de Idlib, no norte da Síria, horas depois que esta população foi alvo de um suposto ataque químico, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A ONG afirmou que, por enquanto, não há informações sobre vítimas pelo bombardeio contra este "centro médico", sobre o qual não ofereceu mais detalhes.

De acordo com a última apuração da fonte, pelo menos 58 pessoas morreram hoje, entre elas 11 menores de idade, e dezenas ficaram feridas em um bombardeio químico contra Khan Shijun. EFE