Armando Babaioff xinga advogado de Bolsonaro, que registra BO contra o ator

·2 minuto de leitura
*ARQUVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 17.02.2020 Armando Babaioff (ator e produtor). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*ARQUVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 17.02.2020 Armando Babaioff (ator e produtor). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Armando Babaioff, 40, xingou o advogado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Frederick Wassef, nesta terça-feira (7) enquanto passava por uma rua na região de Pinheiros, em São Paulo. O artista relatou as ofensas nas redes sociais, já o advogado registrou boletim de ocorrência contra ele.

"Estou em São Paulo trabalhando, estava indo almoçar e acabei de encontrar o Wassef tomando um café. Não resisti. Chamei de bandido e mandei tomar no 'cy'!", afirmou o ator no Twitter, que completou dizendo que Wassef "veio correndo atrás de mim”, mas que já estava "seguro" na hora do relato.

O advogado registrou boletim de ocorrência no 14º DP (Pinheiros) e relatou xingamentos e ameaças de Babaioff, além de negar que tenha corrido atrás dele. Segundo o registro, Wassef estava no interior de uma padaria com vista para a calçada, quando o ator, que passava do outro lado da rua, o reconheceu.

De acordo com relatos do advogado, o artista disse: "...você vai morrer seu filho da puta... você é um bandido... está envolvido na CPI com roubo de dinheiro público das vacinas da Covid...vai tomar no seu cu... você e seu presidente, aquele lixo psicopata... ele também vai se foder, junto com você".

Wassef afirmou à polícia que tentou gravar as ofensas com seu celular, mas sem sucesso, já que o ator teria saído rapidamente do local. O advogado também nega que tenha corrido atrás do ator e afirma haver testemunhas, que o abordaram e prestaram solidariedade após o ataque de Babaioff.

Ao contar sua versão nas redes sociais, o ator recebeu apoio de internautas que disseram se sentir representados. Houve até quem oferecesse assessoria jurídica a ele: “Se for processado por ele, só chamar. Temos experiência em processos contra ele”, afirmou um fã.

Já Wassef disse que soube por conhecidos que os xingamentos tinham sido proferidos por um ator da Globo, que ele classificou em declaração à polícia como "desafeto e inimigo declarado do presidente da República e, inclusive, se manifestou no dia de hoje contra as manifestações pró-Bolsonaro".

O advogado ainda se queixou da atitude de Babioff nas redes sociais, afirmando ter havido má-fé por parte do ator. "Enganando a imprensa e o Brasil afirmando falsamente que a vítima correu atrás de si, tentando se fazer passar por vítima e rindo, orgulhando-se das práticas delituosas cometidas", diz o BO.

Já o ator voltou a comentar nas redes sociais nesta quarta (8) e negou qualquer ameaça. "Mais uma mentira descabida desse senhor. Eu jamais ameaçaria alguém, inclusive o que foi dito por ele não procede, tenho testemunhas que podem confirmar o que aconteceu. Lamentável, sr. Wassef", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos