Armas foram principal causa de morte de crianças e adolescentes nos EUA em 2020, diz análise

·1 min de leitura

WASHINGTON (Reuters) - Mais crianças e adolescentes foram mortos nos Estados Unidos por armas do que por qualquer outra causa em 2020, mostrou análise de mortalidade realizada por pesquisadores da Universidade de Michigan em Ann Arbor.

As armas superaram acidentes de carro como a principal causa de mortes nos EUA para pessoas com menos de 19 anos em 2020, mostra a análise, com base em dados de mortalidade do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

É a primeira vez que armas são a principal causa de óbitos para esse grupo etário, segundo o estudo, publicado no New England Journal of Medicine como uma carta ao editor.

De 2019 a 2020, mortes relacionadas a armas de fogo de causas "suicidas, homicidas, acidentais e não determinadas" entre crianças e adolescentes cresceram a uma taxa de 29,5% -- mais que o dobro em relação à população geral, escreveram Jason E. Goldstick, Rebecca M. Cunningham e Patrick M. Carter.

"Embora os novos dados sejam consistentes com outras evidências de que a violência com armas de fogo cresceu durante a pandemia de Covid-19, os motivos do crescimento não são claros e não pode ser presumido que a mortalidade relacionada a armas de fogo será posteriormente revertida aos níveis pré-pandêmicos", escreveram os pesquisadores.

"De qualquer maneira, a crescente mortalidade relacionada a armas de fogo reflete uma tendência de prazo mais longo e mostra que continuamos fracassando em proteger nossos jovens de uma causa de morte evitável", acrescentaram.

(Reportagem de Heather Timmons)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos