Arqueólogos recuperam esquis de 1.300 anos na Noruega

Uma equipe de arqueólogos enfrentou condições traiçoeiras na montanha Digervarden, na Noruega, para finalmente concluir a recuperação de um par de esquis de madeira antigos. O primeiro esqui pré-Viking foi descoberto em 2014. A equipe teve que esperar sete anos para que o gelo derretesse, tornando possível recuperar o segundo. Acredita-se que o par de esquis tenha 1.300 anos e que sejam os esquis pré-históricos mais bem conservados do mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos