Arqueólogos israelenses podem ter descoberto o local de nascimento dos apóstolos de Jesus

Novas descobertas arqueológicas sugerem que al-Araj pode ter sido o lar dos apóstolos de Jesus (Foto: EFE)

Arqueólogos afirmam ter descoberto o local onde três apóstolos de Jesus nasceram em Israel.

As antigas crenças cristãs afirmam que três discípulos de Jesus, Pedro, André e Felipe, nascera na cidade romana de Julias, anteriormente conhecida como Betsaida.

Embora vários locais próximos ao mar da Galileia tenham sido anteriormente cogitados como Julias, uma nova evidência arqueológica sugere que o local correto ainda não havia sido explorado anteriormente.

O Dr. Mordechai Aviam acredita que o novo local é de fato a casa dos Apóstolos (foto: EFE)
Uma imagem aérea do local de escavação em el-Araj, Israel (foto: EFE)

O Dr. Mordecai Avian descobriu uma casa de banhos estilo romano no local de escavação de al-Araj, o que supostamente indica que um dia esta foi uma grande cidade, e não uma humilde vila de pescadores.

As conclusões são corroboradas pelos achados do historiador judeu Josephus Flavius, que escreveu que o filho do rei Herodes transformou a aldeia de Betsaida em uma grande cidade romana.

Também se acredita que ele foi responsável por renomear o local como Julias, em homenagem à Júlia Augusta, mãe do Imperador Romano Tibério.

Juntamente com a descoberta da casa de banhos, o Dr. Avian também descobriu várias moedas antigas que datam da época de Roma.

Descrevendo a enorme descoberta, ele disse ao Haaretz: “Josephus disse que o rei havia elevado Betsaida da condição de vila para uma polis, ou seja, uma verdadeira cidade. Ele não disse que havia sido construída por cima ou ao lado ou abaixo dela. Por todo esse tempo, não sabíamos onde era. Mas a presença da casa de banho atesta a existência de uma cultura urbana”.

Nick Reilly