Arquiteto termina noivado 24 horas antes de cerimônia e casa com antigo namorado no Rio

·2 minuto de leitura
Eder e Hugo casaram na última terça-feira - Foto: Arquivo Pessoal
Eder e Hugo casaram na última terça-feira - Foto: Arquivo Pessoal
  • Eder Meneghine casaria com seu noivo, Dyl Reis, na última terça-feira (7)

  • Na véspera, porém, o arquiteto de 60 anos decidiu colocar fim à relação

  • Ele, então, pediu em casamento seu antigo namorado, Hugo, que aceitou a proposta

O arquiteto Eder Meneghine surpreendeu a todos na última terça-feira (7) ao casar-se não com seu noivo, mas sim com um antigo namorado. A história de idas e vindas aconteceu no Rio de Janeiro e foi contada pelo G1.

Eder, de 60 anos, era noivo de Dyl Reis, 23, com quem namorava apenas há poucos meses. Mas quem subiu ao altar e disse “sim” ao arquiteto foi seu antigo parceiro, Hugo Oliveira, de 44 anos.

Leia também

O breve e arrebatador amor entre Eder e Dyl terminou justamente na véspera do casamento. O arquiteto contou que, após um desentendimento, decidiu botar fim à relação, menos de 24 horas antes da festa.

"Eu o conhecia há relativamente muito pouco. A gente se gostava, e eu o levei para morar comigo na minha casa”, relatou. “Eu falei com ele: 'Vamos casar?'. Só que ele tem 23 anos e eu tenho 60. Eu tinha a intenção de ser feliz. E eu achava que fosse ser."

Casamento de luxo recebeu convidados da alta sociedade carioca - Foto: Arquivo Pessoal
Casamento de luxo recebeu convidados da alta sociedade carioca - Foto: Arquivo Pessoal

A desilusão, porém, não impediria a realização do casamento. O antigo amor por Hugo falou mais alto, e Eder decidiu pedir ao ex-namorado que aceitasse ser seu marido.

"Eu vivi por quase 20 anos com meu grande companheiro”, lembrou o arquiteto. “Eu pensei em dar a esse homem, que sempre foi correto comigo, a oportunidade que eu ia dar para uma pessoa que nunca fez nada por mim.”

Quando menos esperava, Hugo recebeu o convite: “Você é o amor da minha vida. Quer casar comigo amanhã?”. E o chefe de cozinha aceitou.

Surpresa na festa

Com esta “substituição” de véspera, o casamento de R$ 250 mil na Ilha de Gigóia, Zona Oeste da capital fluminense, estava garantido. Faltava, apenas, avisar os convidados.

O anúncio foi feito já durante a cerimônia e, segundo Eder, foi motivo de festa. "Nessa hora foi uma loucura. Teve gente desmaiada, mais de 20 minutos de aplausos, uma vibração com chapéus para o alto. Um êxtase total. A festa foi 10 vezes melhor do que seria”, afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos