'Me arrependo da culpa', diz Luana Piovani ao relembrar traição a Rodrigo Santoro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 08.11.2017 - Luana Piovani no show do Coldplay, no Alianz Parque. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 08.11.2017 - Luana Piovani no show do Coldplay, no Alianz Parque. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Luana Piovani, 45 anos, relembrou a vez em que traiu Rodrigo Santoro, 46, no início dos anos 2000. Pelas redes sociais, contou que a única coisa que se arrepende foi da culpa que ela sentiu.

"Me arrependo de ter sentido culpa e carregado por tanto tempo uma cruz imensa. Pena que a maturidade leva tempo a chegar. Eu, inocente, não sabia de nada", escreveu a atriz nos Stories após pergunta de um seguidor.

Na sequência, disse não temer falar o que pensa. "Difícil deve ser carregar o peso de fingir ser quem não se é. Eu sou prática e absolutamente verdadeira. Não gostou, come menos", escreveu.

Luana Piovani e Santoro namoraram entre 1997 e 2000. O romance terminou quando ela foi flagrada aos beijos com o empresário Christiano Rangel no camarote de um Carnaval. Ambos nunca mais tocaram nesse assunto.

E por falar em Luana, ela era uma das celebridades fantasiadas do programa A Máscara, versão portuguesa do reality The Masked Singer. A brasileira se apresentou no programa vestida de Rainha de Copas e foi eliminada no domingo (2).

O nome da atriz já era um dos que mais tinham sido mencionados durante as apresentações, uma vez que os espectadores do canal SIC reconheceram o sotaque dela. "Um obrigado muito especial à Rainha de Copas, que nos presenteou com atuações incríveis e irreverentes", agradeceu a emissora nas redes sociais.

Antes da eliminação, ela venceu três batalhas no programa. Ela estreou no programa em 19 de dezembro cantando "Back to Black", de Amy Winehouse. No dia de Natal, ela cantou "Alejandro", de Lady Gaga, enquanto no dia seguinte apresentou "Believe", de Cher.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos