Arthur Lira discute com deputado do PSOL e corta microfone de parlamentar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Arthur Lira ameaçou expulsar Glauber Braga da sessão na noite da última terça-feira (31) (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
Arthur Lira ameaçou expulsar Glauber Braga da sessão na noite da última terça-feira (31) (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

Resumo da notícia

  • Arthur Lira, presidente da Câmara, discutiu com o deputado Glauber Braga

  • Lira cortou o microfone de Braga e ameaçou expulsar o deputado da sessão

  • Deputados discutiam sobre alterações nos incentivos da indústria química

Na noite da última terça-feira (31), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), discutiu com o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ). O plenário debatia a medida provisória 1.095/2021, que altera incentivos para indústria química para favorecer a produção de fertilizantes.

Os parlamentares votavam a MP, quando um representante do PSOL foi chamado para se posicionar sobre o assunto. Glauber Braga, então, questionou o presidente da Casa: “O senhor Arthur Lira, eu queria saber se o senhor não tem vergonha. Gostaria de saber se o senhor não tem vergonha?”

Em seguida, o microfone do deputado ficou mudo e Lira declarou que não permitiria que Braga voltasse a falar.

“Não vou abrir o microfone. Vossa Excelência não pode fazer isso. O senhor pode perder a liderança se faltar com respeito do mesmo jeito. Lhe peço só que se contente. Não vou lhe calar. Faça suas críticas, faça seus comentários, mas não venha com palavras de baixo calão, porque só falta o senhor chamar qualquer deputado para briga neste plenário. O senhor está exagerando há muito tempo. Então, se atenha ao que é justo, mantenha o respeito necessário. Se o senhor faltar com respeito, não lhe darei a palavra. O senhor vai ao Supremo Federal buscar o direito que o senhor quer”, disse Arthur Lira.

Quando o presidente da Casa pediu que representantes de outros partidos se pronunciassem, Glauber Braga continuou questionando Lira.

“Tem que ter decoro neste plenário, rapaz. Não vai tumultuar a sessão sozinho. Vossa Excelência, pelo que disse aqui, já responderá no Conselho de Ética”, declarou. Lira reforçou que Braga não poderia falar naquele momento. “É useiro e vezeiro de descortês, descumprimento de regimento, absolutamente desrespeitoso neste plenário e não ganhará no grito, deputado Glauber.”

Arthur Lira chegou a ameaçar tirar Glauber Braga da sessão, mas o deputado rebateu, dizendo que o presidente da Câmara não teria poder para isso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos