Arthur Weintraub deixa governo e assumirá cargo na Organização dos Estados Americanos

Anita Efraim
·2 minuto de leitura
Arthur Weintraub agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela oportunidade e se despediu (Foto: Reprodução/Twitter)
Arthur Weintraub agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela oportunidade e se despediu (Foto: Reprodução/Twitter)

Arthur Weintraub, que ocupava o cargo de assessor-chefe adjunto da Assessoria Especial da Presidência, deixará o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir um posto na Organização dos Estados Americanos (OEA).

Em um vídeo ao lado de Bolsonaro, o irmão de Abraham Weintraub o se despediu do governo e disse estar triste. “Foi uma honra ter trabalhado com o senhor. Estou indo para a OEA, um cargo na área do Direito, conversei com o presidente desde o começo”, disse.

Abraham Weintraub também deixou o cargo no governo federal para ocupar um posto em uma instituição internacional. Antes ministro da Educação, Weintraub agora está no Banco Mundial.

Leia também

Segundo Arthur Weintraub, não é um adeus, mas um até logo. O presidente Jair Bolsonaro garantiu que as portas do governo estarão abertas. “Dois anos antes das eleições, o Arthur e seu irmão acreditaram na gente, fizeram uma viagem ao Japão, Coréia do Sul e Taiwan e também conversamos muito. Num momento em que quase ninguém acreditava na gente”, relembrou o presidente. “Quando quiser retornar, as portas estão abertas.”

Bolsonaro aproveitou para dizer que acredita que o governo está fazendo uma boa gestão em relação à economia brasileira. O ministério da Economia prevê uma queda de 4,7% no PIB brasileiro para 2020.