Artista faz sucesso ao criar looks divertidos para a série de alta-costura no Instagram

Vida e Estilo International
·5 minuto de leitura
Artista faz sucesso ao criar looks divertidos para a série de alta-costura no Instagram
Artista faz sucesso ao criar looks divertidos para a série de alta-costura no Instagram

O artista Nick Laughlin, do Brooklyn, Nova Iorque, está usando a moda, o riso e o universo drag para espalhar a alegria durante a pandemia de coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Tudo começou no Dia de São Patrício de 2020. A parada que comemora o evento foi cancelada. Como Nova Iorque estava se transformando no epicentro da pandemia nos Estados Unidos, o governador Andrew Cuomo tomou medidas restritivas, fechou escolas e cancelou os eventos com aglomerações.

Leia também

O círculo social de Laughlin é composto por atores, bailarinos, dançarinos, drag queens e comediantes da Broadway. Ele se lembra da manhã em que todos os teatros da Broadway fecharam oficialmente as portas: “Foi aterrorizante para todos, pois isso nunca havia acontecido antes”.

Parecia que a arte iria pausar infinitamente na cidade de Nova Iorque, mas os artistas estavam todos em casa, loucos para usar a sua criatividade.

Foi aí que Laughlin criou a ‘Quarantine Couture’ (Alta-costura da Quarentena, em tradução livre), uma série de moda do Instagram, com distância social, que apresentava looks criados a partir de itens domésticos.

“Na verdade, isso começou porque eu queria poder comemorar,” explica Laughlin. “Adoro celebrar qualquer tipo de feriado, especialmente agora que sou um homem adulto gay em Nova Iorque. Eu gosto de me divertir nos feriados e de celebrá-los com fantasias, e simplesmente sendo bobo e engraçado”.

Laughlin é amante da moda, e como trabalhou estilizando as estrelas do programa ‘Drag Race’, de RuPaul, ele estava de quarentena em casa com um armário lotado de roupas, assim como muitos de seus amigos.

Ele fez um pedido para seus amigos e seguidores: criem um visual inspirado no St Patrick’s Day usando apenas itens que vocês têm em casa, e me enviem um vídeo desfilando numa “passarela” para aparecer no meu Instagram.

Apresento a vocês o Self Distancing Runway Showcase. A categoria de hoje foi ‘Verde Quarentena’. Obrigado a todos que participaram. Meu coração está feliz! (Ps assista até o final)

“Eu recebi centenas de vídeos. Acho que foram uns 200, e tive que escolher alguns. Como tive uma resposta muito boa, isso me deu algo em que trabalhar toda semana”.

Ele se juntou com diversos amigos para criar temas semanais para o envio dos vídeos, incluindo ‘Dystopian Disco: Studio 54 Couture,’ ‘Got The Blues: Blues on the Runway’ and ‘The Easter Ball: A Celebratory Runway,’ para nomear alguns.

No final de cada tema, Laughlin faz uma live no Instagram com Alaska 5000, vencedor do ‘Drag Race All Stars’ de RuPaul, para comentar com bom humor os looks exibidos naquele dia.

Desde que começou a série, Laughlin recebeu incontáveis e-mails e mensagens de pessoas contando como a ‘Quarantine Couture’ ajudou a levantar o seu humor nesse momento de medo e incerteza.

“Todas essas pessoas abriram seus corações para mim, dizendo: ‘Esse tem sido um momento muito difícil para mim, eu perdi um familiar ou eu perdi um amigo, e ver esses vídeos realmente me trouxe alegria,’” disse ele. “Ver algo que eu classificava apenas como engraçado, bobo e estranho afetar as pessoas positivamente e melhorar o seu dia, é algo maravilhoso para mim”.

Com o passar das semanas, Laughlin ficou impressionado com o aumento do número de vídeos enviados e com a participação global de pessoas no projeto.

“É muito bonito ver a criatividade das pessoas aumentando semana a semana. Elas usam plantas, usam seus animais de estimação, amarram camisetas e fazem chapéus, usam qualquer coisa que têm em casa,” Laughlin compartilha. “O ponto principal para mim era estar preso dentro de casa e brincar com a moda de alguma forma. Nós estamos de quarentena e essa é a nossa versão da alta-costura”.

A ‘Quarantine Couture’ também ofereceu uma oportunidade para que as pessoas pensem fora da caixa em relação ao que costumam usar, e encontrem a liberdade ao se expressar de novas maneiras no conforto de suas próprias casas.

“Alguns dos meus amigos são bem masculinos e nunca haviam explorado o seu lado feminino, e agora eles estão postando vídeos para o projeto livremente,” disse ele.

Laughlin compartilhou como a experiência lhe permitiu se tornar um líder e também trouxe recompensas para a sua própria autoexpressão.

“Às vezes sinto que as pessoas podem pensar: ‘Ah, ele só veste essas roupas estranhas para chamar atenção’, mas a verdade é que eu realmente não me importo com a atenção. Eu simplesmente amo a moda,” explica ele. “Sou um homem de 30 anos com uma barba cheia e um corpo fora de forma, e eu realmente amo me vestir assim. Eu amo esse meu lado. E ver que outras pessoas estão se identificando com ele, de alguma forma, que estão se inspirando e que isso as está tocando de alguma maneira é muito bonito e muito legal. Eu penso em continuar, mesmo depois que a quarentena terminar”.

Todos são bem-vindos e podem participar da ‘Quarantine Couture’ ou assistir à série no perfil de Laughlin no Instagram.

Jacquie Cosgrove