Artista responde comentário sexista de Donald Trump com retrato feito com sangue de menstruação

 

(Reprodução/Facebook)

Uma artista plástica de Portland encontrou uma forma criativa de dizer a Donald Trump que ele havia feito uma grande besteira durante o debate com a outra pré-candidata à presidência pelo partido republicano, Megyn Kelly.

O que Trump fez foi fugir de questões políticas ao acusar Kelly por comportar-se de determinada maneira devido ao seu ciclo menstrual.

Sem dúvidas a campanha de Trump tem dado o que falar. Porém, depois deste absurdo até mesmo o assessor de imprensa do milionário se demitiu.

A partir deste comentário no debate, Sarah Levy ficou indignada com a atitude do milionário e decidiu utilizar seu dom artístico para provocá-lo. Ela também colaborou para dar visibilidade à questão do sexismo e como ela existe até mesmo dentro de um âmbito político.

A pintura de Trump, feita com sangue menstrual de Sarah, será leiloada e todos os fundos arrecadados serão doados para beneficiar imigrantes do país.

"Foi chocante para mim que alguém que pretende concorrer à presidência dos Estados Unidos - não apenas um governador, pequeno prefeito ou um rico aleatório - ser capaz de dizer o que disse e ainda estar na corrida pelo cargo", disse Levy ao site SocilistWorker.com.

LEIA MAIS:

Novo debate republicano deve ter Donald Trump como alvo
Schwarzenegger substituirá Trump em 'Celebrity Apprentice'

LEIA TAMBÉM:

O frango Mike foi capaz de sobreviver por mais de um ano sem cabeça e virou lenda
Para a ciência, o corpo dessa mulher é o mais perfeito possível