Artistas se manifestam no dia 7 de setembro

·1 minuto de leitura

Entre "fora, Bolsonaro" ou marcando presença em passeata a favor do presidente, artistas se manifestaram nas redes sociais no dia 7 de setembro. Vera Holtz, por exemplo, fez um mapa do Brasil com grãos de feijão, e foi muito compartilhada por colegas, justamente por fazer uma ironia a fala de Jair Bolsonaro que chamou de "idiota" quem diz que precisa comprar feijão, em um discurso que valorizou a aquisição de fuzis. Já o cantor Netinho, intérprete da música "Milla", filmou a preparação de uma passeata e compartilhou frases, como "Liberdade não se ganha, se toma".

O ator Gabriel Leone relembrou uma foto clássica da ditatura militar com os dizeres "amanhã vai ser outro dia" e pediu pelo impeachment de Bolsonaro. O cantor Milton Nascimento também revisitou os anos de chumbo para publicar a letra de uma canção de 1971:

"Eles não falam do mar e dos peixes/ Nem deixam ver a moça, pura canção/ Nem ver nascer a flor, nem ver nascer o sol/ E eu apenas sou um a mais, um a mais/ A falar dessa dor, a nossa dor…", relembrou Milton a música "Milagre dos peixes". Nos comentários, fãs evidenciaram o apoio contrário às manifestações: "Para bons entendedores...meia letra de uma canção já nos diz tudo".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos