Asprilla revela que gosta do futebol de Vinícius Jr.

Faustino Asprilla fez 20 gols em sua passagem pelo Brasil, onde defendeu o Palmeiras e o Fluminense. Foto: Paola Mafla/AFP via Getty Images
Faustino Asprilla fez 20 gols em sua passagem pelo Brasil, onde defendeu o Palmeiras e o Fluminense. Foto: Paola Mafla/AFP via Getty Images

Faustino Asprilla, carismático atacante colombiano com passagens pelo futebol brasieiro, onde defendeu o Palmeiras e o Fluminense, deu uma entrevista ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport' e falou da sua experiência no Calcio, onde jogou pelo Parma, e aproveitou para falar sobre o futebol atual.

"Eu não segui as regras. Um dia Nevio Scala me pediu para correr pelos muros da cidadela e eu disse a ele que não era Forrest Gump. O futebol sempre foi divertido para mim. Sem regras, sem esquemas", lembrou o ex-jogador que está com 52 anos.

Leia também:

Na época que assinou com o Parma, Asprilla só conseguiu deixar o Nacional de Medellín depois que Pablo Escobar, fundador e líder do Cartel de Medellín, deu o aval para a negociação.

Perguntado o que tem feito atualmente, o colombiano deu uma resposta inusitada ao jornalista Andrea Schianchi.

"Como estou? Excelente. Tenho uma fazenda, vendo cana-de-açúcar para o governo colombiano e por meio de uma campanha publicitária vendo preservativos. Sabe, o sexo sempre foi importante para mim", contou Asprilla na entrevista intitulada "Eu sou Asprilla: muito sexo, sem regras, vida pura."

Quanto ao estilo de jogo hoje praticado, Asprilla salientou que não gosta muito do futebol atual devido à falta de dribles, embora não tenha hesitado em destacar a figura do jogador do brasileiro do Real Madrid, Vinicius Junior.

"Eu assisto ao futebol, mas eles todos parecem soldados ordens do treinador. Se ele falhar, fora. Diga-me um que dribla hoje... Eu gosto do Vinicius do Real Madrid, me vejo um pouco nele", finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos