Assassino de ator tem prisão decretada pela Justiça

Paulo Cupertino teve a prisão temporária decretada pela Justiça. (Foto: Reprodução)

A Justiça decretou a prisão temporária de Paulo Cupertino Matias, autor do homicídio contra o ator Rafael Miguel, de 22 anos, e seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50.

O pai de Isabela Tibcherani, então namorada de Rafael, fugiu após matar os três na porta da casa dele, no domingo (9), e agora é oficialmente considerado foragido, desde a noite desta terça-feira (11).

Leia também

A polícia realizou buscas em cerca de 15 endereços atrás do assassino, nesta terça (11). Por volta das 18h, os investigadores receberam a informação de que ele teria retornado para a casa onde o crime foi cometido. Paulo não foi encontrado, mas o veículo usado por ele na fuga - um Volkswagen Up!, vermelho - foi localizado a 600 metros da casa, segundo o portal G1.

O CASO

O ator Rafael Miguel, conhecido por interpretar o personagem Paçoca no remake ’Chiquititas’, do SBT, morreu na tarde deste domingo (9), em Pedreira, na zona sul de São Paulo. O jovem de 22 anos foi assassinado junto com seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, Miriam Selma Miguel, de 50.

A família estava na casa da namorada de Rafael, Isabela Tibcherani, 18, quando foram mortos pelo pai da jovem, o comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48, que chegou armado no local.

O crime teria sido motivado por ciúmes. De acordo com informações divulgadas pelo jornalista por Luiz Bacci em suas redes sociais, o pai de Isabela era possessivo e não permitia o namoro.