Assassinos de gays se casam dentro de prisão na Inglaterra

Reprodução/Guardian
Reprodução/Guardian



Mikhail Gallatinov, 40, e Marc Goodwin, 31, tinham algo em comum: ambos estavam presos na Inglaterra por terem assassinado homossexuais. O que eles não sabiam, porém, é que tinham tanto em comum que acabariam protagonizando o primeiro casamento homossexual da história dos presídios britânicos.

Os dois se conheceram na biblioteca da prisão Full Sutton e, então, se apaixonaram. Pouco tempo depois se casaram em cerimônia dentro do próprio presídio, com direito à presença de familiares e que durou cerca de 15 minutos. Mikhail e Marc, no entanto, não poderão dividir cela por conta de regras internas.

De acordo com informações do Guardian, o casamento entre os dois é o primeiro homossexual em uma prisão do qual se tem registro desde 2014, quando a prática passou a ser permitida. Tanto Mikhail quanto Marc cumprem sentença perpétua, pena dada aos assassinos que cometeram homicídio doloso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos