Assessor de Bolsonaro insinua que Globo enviou maconha para Conká no BBB

·1 minuto de leitura
<p>A apresentadora do Rede BBB falou sobre a campanha de ódio contra a rapper</p>
Karol Conká, ex-participante do BBB (Foto: Reprodução)

O governo de Jair Bolsonaro também está de olho no Big Brother Brasil, reality show da TV Globo.

Tercio Arnaud Tomaz, assessor especial do presidente, postou, na quinta-feira (25), um vídeo em que a ex-participante do programa Karol Conká fuma um cigarro.

Leia também:

“Maconha? Globo comprando e enviando maconha para os participantes do BBB?”, afirmou Tomaz em postagem no Twitter, que repercutiu bastante nas redes sociais.

Reprodução/ Twitter
Reprodução/ Twitter

A emissora não proíbe os participantes de fumarem. No entanto, a rapper estaria fumando um cigarro de palha e não maconha.

No vídeo, Karol Conká diz: “Tenho um psicológico bom para lidar, mas as pessoas têm o direito de julgar”.

Por outro lado, em entrevista à revista Glamour, em 2018, Karol admitiu que gostava de maconha: “Gosto de fumar, mas antigamente fumava mais. Fumar demais atrapalha. Tudo demais atrapalha”.

Eliminada do BBB na terça-feira (23/2), a rapper de 34 anos obteve a maior rejeição da história do programa ao obter 99,17% dos votos dos telespectadores.

Investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Tercio Arnaud Tomaz, é responsável por diversas páginas acusadas de espalharem notícias falsas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos