Assessor de Joe Biden possui milhões de dólares em Bitcoin

·2 minuto de leitura
Joe Biden. (Foto: AP Photo/Susan Walsh)
Joe Biden. (Foto: AP Photo/Susan Walsh)
  • Tim Wu é assessor especial para a Casa Branca.

  • Ele é um conselheiro de tecnologia para Joe Biden.

  • Documentos revelam que Wu tem milhões de dólares em Bitcoin.

O assessor especial de tecnologia da Casa Branca, Tim Wu, uma das principais autoridades do tema a aconselhar Joe Biden, possui entre US$1 milhão e US$5 milhões em Bitcoin.

Leia também:

As informações constam em registros financeiros de Wu e foram divulgadas pelo portal de notícias Politico, especializado na cobertura política dos Estados Unidos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Ele possui ainda entre US$100 mil e US$250 mil em FIL, moeda nativa da plataforma Filecoin, especializada em armazenamento digital.

Segundo o Politico, Wu foi nomeado por Joe Biden em março, como assistente especial para tecnologia e políticas competitivas. Ele também participou da administração de Barack Obama.

Trump diz que Bitcoin ameaça o dólar

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou durante uma entrevista à rede de TV americana Fox Business sobre sua atual visão em relação ao Bitcoin, a mais famosa e valiosa criptomoeda do mundo.

Seus comentários foram no contexto de El Salvador declarando o Bitcoin como moeda legal no país. No passado, Trump já havia criticado a moeda, afirmando que ela é como “ar fino”. Agora, Trump mudou um pouco o discurso.

Ele continua afirmando que não gosta do Bitcoin, mas agora acredita que se trate de um “esquema” que ameaça o dólar.

“O Bitcoin parece um esquema”, disse Trump na entrevista. “Eu não gosto dele porque é uma outra moeda que compete contra o dólar.”

Atualmente, um único Bitcoin vale mais de US$ 31mil.

Trump falou ainda que seu maior desejo é de que o dólar se torne, em algum momento, “a moeda de todo o mundo”.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos