Assim como Bale, saiba quais jogadores podem se tornar 'vilões' nos países onde atuam

Gareth Bale pôs fim a um período de 64 anos sem que os torcedores do País de Gales pudessem comemorar um gol em Copas do Mundo. O pênalti convertido no empate por 1 a 1 com a seleção dos Estados Unidos também teve um componente adicional para o atacante, que desde julho mora em território norte-americano. O ex-jogador de Real Madrid e Tottenham defende hoje o Los Angeles FC.

Contando com o atacante, são 54 os jogadores que terão nesta fase de grupos da Copa do Mundo a chance de entrar em campo contra a seleção do país onde moram. A equipe com mais casos assim, coincidentemente, é o próprio País de Gales: além da recente relação de Bale com os EUA, a seleção galesa conta com 16 atletas que atuam na Inglaterra, outra equipe que está no Grupo B do Mundial.

Leia também: Depois de abertura fria, cores e tambores dão ares de Copa ao Mundial do Catar; veja fotos

Cody Gakpo: Autor do gol da Holanda se negou a embarcar num jato particular rumo à Premier League para ficar no PSV

A lista de 54 candidatos a algozes dos países que os acolheram inclui alguns nomes conhecidos. É o caso dos alemães Ter Stegen e Rudiger, por exemplo, que jogam na Espanha e estarão à disposição para enfrentar os espanhóis no dia 27, em jogo válido pelo Grupo E.

Também têm reconhecimento internacional nomes como o americano Pulisic, que atua pelo Chelsea na Inglaterra e pode encarar seus companheiros de liga em partida marcada para sexta-feira. O goleiro dinamarquês Kasper Schmeichel também aparece na lista. Campeão inglês em 2016 pelo Leicester, o filho do lendário Peter Schmeichel hoje atua em território francês, pelo Nice. Dinamarca e França estão no Grupo D da Copa e se enfrentarão no sábado.

Ter uma atuação marcante contra a seleção do país onde mora nem sempre termina de um jeito amistoso. Em 2002, na Copa do Japão e da Coreia, o sul-coreano Ahn Jung-hwan marcou um gol de ouro que definiu a vitória por 2 a 1 dos asiáticos e eliminou a Itália nas oitavas de final da competição. O atacante até então jogava pelo Perugia, clube da região central da Itália, que decidiu não renovar o contrato com o atleta.

Doze anos antes, outro "atleta da casa" partiu o coração dos italianos: Diego Maradona. O craque argentino foi um dos principais responsáveis por eliminar a Itália nas semifinais da Copa de 1990, em casa, no estádio San Paolo — justamente onde Maradona estava acostumado a ser amado pelos torcedores do Napoli (e admirado pelos rivais). O camisa 10 da Argentina deu a assistência para o gol de empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, e converteu seu pênalti com categoria na disputa que terminou com vitória dos hermanos.

No Catar, além de Bale, o único outro jogador que poderia já ter entrado em campo contra a seleção do país onde reside é o iraniano Saman Ghoddos. O meio-campista do Brentford, porém, não participou da derrota de sua equipe para os ingleses por 6 a 2.

Leia a lista de jogadores que poderão enfrentar na fase de grupos das Copas as seleções dos países onde eles atuam:

Alemanha

Ter Stegen, goleiro, joga no Barcelona, da Espanha

Rudiger, zagueiro, joga no Real Madrid, da Espanha

Austrália

Maty Ryan, goleiro, joga no FC Copenhagen, da Dinamarca

Camarões

Jean-Pierre Nsame, atacante, joga no Young Boys, da Suíça

Canadá

Liam Fraser, meio-campista, joga no KMSK Deinze, da Bélgica

Tajon Buchanan, atacante, joga no Club Brugge, da Bélgica

Cyle Larin, atacante, joga no Club Brugge, da Bélgica

Dinamarca

Kasper Schmeichel, goleiro, joga no Nice, da França

Espanha

Dani Olmo, meio-campista, joga no RB Leipzig, da Alemanha

Estados Unidos

Horvath, goleiro, joga no Luton Town, da Inglaterra

Turner, goleiro, joga no Arsenal, da Inglaterra

Tim Ream, defensor, joga no Fulham, da Inglaterra

Robinson, defensor, joga no Fulham, da Inglaterra

Tyler Adams, meio-campista, joga no Leeds United, da Inglaterra

Brenden Aaronson, meio-campista, joga no Leeds, da Inglaterra

Pulisic, meio-campista, joga no Chelsea, da Inglaterra

Josh Sargent, atacante, joga no Norwich City, da Inglaterra

Gana

Abdul Fatawu Issahaku, atacante, joga no Sporting, de Portugal

Irã

Saman Ghoddos, meio-campista, joga no Brentford, da Inglaterra

Japão

Yoshida, defensor, joga no Schalke, da Alemanha

Itakura, defensor, joga no Borussia Monchengladbach, da Alemanha

Hiroki Ito, defensor, joga no Stuttgart, da Alemanha

Gaku Shibasaki, meio-campista, joga no Leganes, da Espanha

Wataru Endo, meio-campista, joga no Stuttgart, da Alemanha

Ritsu Doan, meio-campista, joga no Freiburg, da Alemanha

Daichi Kamada, meio-campista, joga no Eintracht Frankfurt, da Alemanha

Takefusa Kubo, meio-campista, joga na Real Sociedad, da Espanha

Ao Tanaka, meio-campista, joga no Fortuna Dusseldorf, da Alemanha

Takuma Asano, atacante, joga no Bochum, da Alemanha

Marrocos

Selim Ramallah, meio-campista, joga no Standard Liege, da Bélgica

Bilel El Khanouss, meio-campista, joga no Genk, da Bélgica

País de Gales

Wayne Hennessey, goleiro, joga no Nottingham Forest, da Inglaterra

Danny Ward, goleiro, joga no Leicester City, da Inglaterra

Adam Davies, goleiro, joga no Sheffield United, da Inglaterra

Chris Mepham, defensor, joga no Bournemouth, da Inglaterra

Chris Gunter, defensor, joga no Wimbledon, da Inglaterra

Connor Roberts, defensor, joga no Burnley, da Inglaterra

Neco Williams, defensor, joga no Nottingham Forest, da Inglaterra

Tom Lockyer, defensor, joga no Luton Town, da Inglaterra

Harry Wilson, meio-campista, joga no Fulham, da Inglaterra

Jonny Williams, meio-campista, joga no Swindon Town, da Inglaterra

Joe Morrell, meio-campista, joga no Portsmouth, da Inglaterra

Matthew Smith, meio-campista, joga no MK Dons, da Inglaterra

Ruben Colwill, meio-campista, joga no Swansea City, da Inglaterra

Sorba Thomas, meio-campista, joga no Huddersfield Town, da Inglaterra

Gareth Bale, atacante, joga no Los Angeles FC, dos Estados Unidos

Daniel James, atacante, joga no Fulham, da Inglaterra

Kieffer Moore, atacante, joga no Bournemouth, da Inglaterra

Brennan Johnson, atacante, joga no Nottingham Forest, da Inglaterra

Polônia

Krychowiak, meio-campista, joga no Al Shabab, da Arábia Saudita

Tunísia

Montassar Talbi, defensor, joga no Lorient, da França

Ali Abdi, defensor, joga no Caen, da França

Wahbi Khazri, atacante, joga no Montpellier, da França

Uruguai

Coates, defensor, joga no Sporting, de Portugal

Ugarte, meio-campista, joga no Sporting, de Portugal