Assinatura histórica

A lei que permite a convocação de um plebiscito para mudar a Constituição foi promulgada hoje pelo presidente do Chile, Sebastián Piñera. Os chilenos vão ser consultados sobre duas questões: se desejam ou não uma nova Constituição e se uma comissão exclusiva para a elaboração do documento deve ser formada.