Associação dos diplomatas rebate Bolsonaro e sai em defesa do sistema eletrônico de votação

Dois dias depois de o presidente Jair Bolsonaro atacar o sistema eleitoral brasileiro e insinuar, em reunião com cerca de 70 embaixadores estrangeiros no Palácio da Alvorada, que as eleições no Brasil não são transparentes, a Associação dos Diplomatas Brasileiros (ADB) divulgou uma nota, nesta quarta-feira, em defesa das urnas eletrônicas. Segundo a entidade, a justiça eleitoral brasileira é plenamente confiável e o sistema eletrônico de votação é uma conquista da democracia brasileira.

Segundo a ADB, desde sua implantação, em 1996, o sistema brasileiro de votação eletrônica é objeto de reiteradas demandas de cooperação internacional de transferência de conhecimento e tecnologia.

“Ao longo desse tempo, a diplomacia brasileira testemunhou sempre elevados padrões de confiabilidade que se tornaram referência internacional indissociável da imagem do Brasil como uma das maiores e mais sólidas democracias do mundo. Essa é uma conquista da sociedade brasileira no processo de consolidação de suas instituições democráticas, para a qual a diplomacia nacional muito se orgulha de contribuir no exercício de suas atividades”.

A nota, assinada pela embaixadora Maria Celina de Azevedo Rodrigues, presidente da ADB, destaca que, por décadas, os diplomatas brasileiros têm atuado em apoio às autoridades eleitorais do país para a organização e a realização das eleições presidenciais. Os profissionais atuam em mais de 200 cidades espalhadas pelo mundo onde há repartições consulares, além de 33 seções adicionais em localidades em que não há representação permanente.

“A missão eleitoral do Ministério das Relações Exteriores, que inclui desde o alistamento de eleitores até a transmissão dos votos, mobiliza não apenas servidores do Itamaraty, mas também as comunidades brasileiras. Para 2022, há mais de 600 mil eleitores alistados no exterior”, diz um trecho da nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos