Associação Europeia quer criação de Mundial de Clubes feminino

·1 minuto de leitura

A Associação Europeia de Clubes (ECA) lançou, na manhã desta segunda-feira, seu guia de estratégia para o futebol feminino no continente. Entitulado "Be a Changemaker" (seja um agente de mudança, em tradução livre), o plano promete trazer sustentabilidade, oportunidades comerciais e até criar novos clubes europeus.

Em meio à apresentação do projeto, o executivo-chefe do ECA, Charlie Marshall, falou sobre uma das ideias para o jogo. Segundo ele, a criação de um Mundial de Clubes feminino pode acontecer em breve.

— A ideia de um Mundial de Clubes, assim que os calendários estiverem regularizados, é animadora. Eu sei que a Fifa está de olho nisso também. No jogo das mulheres há muito potencial, é mais rápido desenvolver um equilíbrio competitivo global — disse Marshall.

Segundo a chefe de futebol femino do ECA, Claire Bloomfield, outras competições estão nos planos da assocação. Com a Champions League consolidada, há a ideia de de criar uma competição europeia de segundo escalão, nos moldes da Liga Europa.

— Temos a responsabilidade de explorar todas as oportunidades que podem ajudar o cenário a crescer. Isso vale tanto no nível europeu, com essa segunda competição, e mais ainda na escala global, com um poossível Mundial de Clubes — explica.