'Asterix' inspirou 'Bacurau'? Kleber Mendonça Filho diz que sim

Um dos pais de Asterix, o desenhista Albert Uderzo, morto nesta terça-feira, certamente deixou sua marca no mundo das HQs. Mas a influência do quadrinista francês vai longe. No Twitter, o cineasta Kleber Mendonça Filho comentou que o filme "Bacurau", dirigido por ele ao lado de Juliano Dornelles, não existiria não fossem as aventuras do herói galês e seu companheiro Obelix.

Se a princípio, o filme premiado em Cannes parece ter pouco a ver com os quadrinhos franceses, basta prestar atenção nos enredos das duas obras para ver a semelhança: nas HQs, Asterix e Obelix são moradores de um vilarejo na Gália que resiste à ocupação romana em 50 a.C. A resistência ao império é possível graças a uma poção mágica feita pelo druida Panoramix, que concede aos moradores uma superforça.

Já Bacurau é uma cidadezinha no interior de Pernambuco onde seus habitantes precisam lidar com uma invasão de estrangeiros mal intencionados. No esforço para combater os forasteiros, o povo de Bacurau apela para o uso de um "forte psicotrópico".