Asteroide gigante 2022 RM4 estará visível nesta terça; veja como observá-lo

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O asteroide 2022 RM4, considerado potencialmente perigoso pela Nasa, se aproximou da Terra ontem (31), em pleno Halloween, e estará visível nesta terça-feira (1º). O objeto espacial passará a uma distância de cerca de 2,3 milhões de quilômetros do planeta. É longe o suficiente para evitar uma colisão, mas perto o suficiente para ser observado por telescópios amadores.

Encontrado inicialmente pelo observatório Pan Starrs 2, do Havaí, em 12 de setembro, o asteroide tem um diâmetro estimado de 330 metros e uma altura de 740 metros. É o equivalente a 20 Cristos Redentores (que mede 38 m), ou o prédio do Capitólio, em Wahsington DC, capital dos EUA.

Apesar da distância entre o 2022 RM4 e a Terra, a Nasa considera potencialmente perigoso qualquer corpo celeste que passe a menos de 7,5 milhões de km do planeta. Isso porque pode haver uma mudança de rota inesperada ao colidir com outros objetos presentes no espaço ou até mesmo ser influenciado pela gravidade dos planetas. Contudo, esse cenário é bem improvável desta vez.

COMO OBSERVAR A PASSAGEM DO 2022 RM4

Segundo o astrônomo amador Tony Dunn, criador do site Orbit Simulator, o asteroide brilhará com uma magnitude de 14,3 ao atingir sua aproximação. Isso o deixará observável por "telescópios de quintal".

No entanto, ele se refere a telescópios "amadores" com abertura de 8 polegadas ou mais, que são relativamente raros no Brasil.

Se você não tem esse tipo de equipamento, poderá acompanhar pelo site The Virtual Telescope Project, que transmitirá apenas o momento do voo e o pico de brilho.

O evento começou nesta terça-feira, às 14h (do horário de Brasília). O asteroide atingiu a distância mínima em relação à Terra às 15h32, também pelo horário de Brasília.

Já o periélio (ponto de sua órbita mais próximo ao Sol) está previsto para 3 de novembro. A partir de então, ele começa a se afastar do planeta Terra.