AstraZeneca admite erro na dosagem da vacina contra Covid-19

A AstraZeneca, farmacêutica que desenvolve a vacina contra a Covid-19 junto à Universidade de Oxford, admitiu que a eficácia obtida de 90% do imunizante com a administração de meia dose seguida de uma dose completa um mês depois ocorreu após um erro. A informação foi publicada nesta quinta-feira (26) pelo jornal norte-americano The New York Times.