AstraZeneca/Oxford pede à União Europeia autorização para sua vacina

·1 minuto de leitura
Foto: Joe Giddens/Pool via REUTERS
Foto: Joe Giddens/Pool via REUTERS

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) informou, nesta terça-feira (12), que a AstraZeneca e a Universidade de Oxford solicitaram a autorização para o uso de sua vacina contra o coronavírus na União Europeia (UE).

"A EMA recebeu uma solicitação para uma autorização condicional de comercialização da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford", de acordo com um comunicado divulgado pelo regulador europeu.

Leia também

Se for aprovada, este será o terceiro imunizante disponível nos 27 países da UE, que buscam acelerar as campanhas de vacinação. Já foram aprovados os fármacos da Pfizer/BioNTech e da Moderna.

A EMA disse que vai acelerar a avaliação da nova vacina e que a decisão sobre a autorização pode ser divulgada até 29 de janeiro, "desde que os dados apresentados sobre qualidade, segurança e eficácia (...) sejam suficientemente sólidos e completos".

***Da AFP