Até 1.500 empresas sofreram ataque hacker, diz presidente da Kaseya

Edifício da Kaseya em Miami

Por Raphael Satter

WASHINGTON (Reuters) - Entre 800 e 1.500 empresas foram afetadas por um ataque hacker de tipo ransomware centrado na empresa norte-americana de tecnologia da informação Kaseya, disse seu presidente-executivo, Fred Voccola, à Reuters, nesta segunda-feira.

Voccola, que comanda a empresa sediada na Flórida, afirmou ser difícil estimar o impacto preciso do ataque porque os atingidos eram principalmente clientes da Kaseya.

(Reportagem de Raphael Satter)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos