Até 300.000 toneladas de grãos em armazéns foram destruídos, diz ministro da Ucrânia

KIEV (Reuters) - Até 300 mil toneladas de grãos podem ter sido armazenadas em armazéns que Kiev diz terem sido destruídos por bombardeios russos no último fim de semana, disse o vice-ministro da Agricultura, Taras Vysotskyi, neste sábado.

Vysotskyi disse à televisão nacional, segundo registros, que no início da guerra em 24 de fevereiro os armazéns em um dos maiores terminais de commodities agrícolas da Ucrânia no porto de Mykolaiv no Mar Negro continham de 250.000 a 300.000 toneladas de grãos, principalmente trigo e milho.

(Reportagem de Natalia Zinets)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos