Síria diz que ataque dos EUA e aliados busca "impedir" trabalho da OPAQ

Cairo, 14 abr (EFE).- As autoridades da Síria afirmaram neste sábado que o ataque dos Estados Unidos, França e Reino Unido procura "impedir o trabalho da missão" da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), que começa hoje sua investigação no suposto local do ataque químico lançado há uma semana, em Duma.

"O momento da agressão coincide com a chegada da missão de pesquisa da Organização para a Proibição de Armas Químicas à Síria para investigar o suposto ataque químico em Duma (Ghouta Oriental) e procura principalmente impedir o trabalho da missão e antecipar os resultados", disse uma fonte do Ministério das Relações Exteriores, à agência oficial de notícias sírias "SANA".

Além disso, a fonte assegurou que os EUA e seus aliados europeus querem com estes bombardeios "pressionar em uma tentativa de não expor suas mentiras" do que supostamente ocorreu na cidade de Duma, perto de Damasco. EFE