Ataque de piranhas mata dois homens no rio Paraguai em 48 horas

·1 min de leitura
Piranhas atacam homens no rio Paraguai
Piranhas atacam homens no rio Paraguai
  • Dois homens foram atacados por piranhas e morreram no intervalo de 48 horas no rio Paraguai.

  • Uma das vítimas se afogou após ter o corpo atacado pelo cardume

  • Parte do rosto do homem ficou desfigurado

Dois homens foram atacados por piranhas e morreram no intervalo de 48 horas no rio Paraguai. O último óbito foi registrado na terça-feira (4), em Porto Rosário, cidade paraguaia a 379 km de Ponta Porã (MS).

Segundo reportagem do portal G1, a última vítima fatal foi um homem, de 49 anos, que se afogou após ter o corpo atacado pelo cardume. Parte do rosto do homem ficou desfigurado.

Nenhum ataque do lado brasileiro do Rio Paraguai foi registrado até o momento.

Equipes da polícia, da Prefeitura Naval (equivalente à Marinha no Brasil) e do Ministério Público foram ao rio, na região dos ataques, para analisar as causas do ocorrido.

Depois de perícia, a morte do homem de 49 anos foi atribuída a asfixia por submersão. A vítima apresentava parte do rosto e dos pés comidos por um cardume de piranhas, conforme relatório divulgado pelo G1

No domingo passado, um jovem foi atacado por piranhas enquanto nadava no mesmo rio. A vítima chegou a ser socorrida para um hospital local, mas não resistiu.

Em outro caso, um homem chegou a ter um dedo mutilado durante o ataque, segundo a imprensa paraguaia. Um vídeo, feito por pescadores paraguaios, mostra as piranhas ferozes atacando um pedaço de carne lançado ao rio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos