Bomba da 2ª Guerra Mundial é desativada perto de estação central de Berlim

Berlim, 20 abr (EFE).- A equipe de especialistas da Polícia de Berlim desativou nesta quinta-feira uma bomba da 2ª Guerra Mundial localizada no bairro de Mitte, no centro de Berlim, o que obrigou a isolar um raio de 800 metros em torno da estação central de ferrovias, o que afetou também vários prédios do governo.

A operação requereu a evacuação de quase dez mil pessoas, além da interrupção do trânsito ferroviário na estação central.

O artefato foi localizado há poucos dias durante obras na rua Heidestrasse, no bairro no qual se encontra parte do bairro governamental, escritórios de veículos de comunicação e a clínica universitária Charité.

Segundo declarações à Agência Efe da porta-voz da Polícia, Konstanz Dassler, "a bomba estava enterrada a muita profundidade e embora os especialistas a tenham catalogado como 'não perigosa', é necessário desativá-la".

A bomba, de 500 kg, faz parte de um dos mais de 3.000 artefatos da 2ª Guerra Mundial que hoje em dia continuam enterrados sob o solo em Berlim, segundo dados de 2017 coletados pela administração municipal.

A empresa de ferrovias alemã Deutsche Bahn (DB) organizou uma operação para informar e desviar os passageiros afetados para outras estações, a fim de atenuar os efeitos no tráfego ferroviário.

A medida de segurança incluiu também o fechamento de todas as lojas da estação central e a mudança dos próprios funcionários de ferrovias.

Como consequência da operação se prevê um impacto no funcionamento do transporte metropolitano, dependente do tráfego procedente da estação central. EFE