Ataque de drone dos EUA atinge carro-bomba do Estado Islâmico em Cabul, dizem autoridades

·1 minuto de leitura

Por Idrees Ali

WASHINGTON (Reuters) - As forças norte-americanas lançaram um ataque de drone em Cabul neste domingo mirando um homem-bomba em um veículo que pretendia atacar o aeroporto, disseram autoridades dos Estados Unidos, conforme o país se aproximam do fim de sua presença militar no cidade.

O ataque, relatado pela primeira vez pela Reuters, é o segundo realizado pelas forças dos EUA no Afeganistão desde que um homem-bomba do Estado Islâmico atingiu o aeroporto na quinta-feira, matando 13 soldados dos EUA e dezenas de civis afegãos que tentavam fugir do país.

No sábado, o presidente dos EUA, Joe Biden, disse que a situação no local continuava extremamente perigosa e que seus comandantes militares haviam lhe dito que outro ataque militante era altamente provável dentro de 24-36 horas.

Autoridades norte-americanas disseram estar particularmente preocupadas com a afiliada local do Estado Islâmico atacando o aeroporto enquanto as tropas dos EUA partem, em particular com a ameaça de foguetes e explosivos transportados por veículos.

Uma autoridade norte-americana disse que o ataque deste domingo foi realizado por uma aeronave não tripulada pilotada de fora do Afeganistão, e que as explosões secundárias após o ataque mostraram que o alvo carregava uma "quantidade substancial de material explosivo".

Testemunhas relataram uma explosão perto do aeroporto e imagens de televisão mostraram fumaça negra subindo para o céu. Não houve relatos imediatos sobre vítimas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos