Suprema Corte da Venezuela revoga decisão de assumir funções do Parlamento

Caracas, 1 abr (EFE).- A Suprema Corte da Venezuela anunciou neste sábado que não irá assumir as funções do parlamento, depois que o presidente Nicolás Maduro pediu ao órgão que revisasse a sentença que retirava os poderes da Assembleia Nacional.

Em comunicado, a Suprema Corte venezuelana informa que "suprime" algumas partes da citada sentença e deixa sem efeito sua anterior decisão de assumir as competências do Parlamento. EFE