Ataque em jardim de infância no sudeste da China deixa três mortos e seis feridos

Três pessoas morreram e seis ficaram feridas em um ataque nesta quarta-feira (3) em um jardim de infância no sudeste da China, informou a polícia local.

"Um criminoso armado, com uma máscara, invadiu um jardim de infância privado na província de Jiangxi pouco depois das 10H00" (locais), afirma a polícia em um comunicado. O suspeito de 48 anos continua foragido.

"As forças de segurança estão fazendo todo o possível para capturar o suspeito", acrescenta o texto.

Um vídeo divulgado pelo jornal estatal Beijing Daily mostra um policial carregando uma criança para uma ambulância.

As idades das vítimas não foram divulgadas.

As autoridades não informaram a arma utilizada no ataque, mas os autores deste tipo de crime geralmente usam facas.

Grandes crimes violentos são raros na China, país que tem restrições severas sobre o porte de armas. Mas nos últimos anos foram registrados vários ataques com faca.

Algumas ações são direcionadas contra menores de idade e acontecem a cada ano em todo o país.

Geralmente são cometidos por pessoas que desejam se vingar da sociedade ou tem rancor da escola em questão.

Em junho de 2021, um homem armado com uma faca matou seis pessoas e feriu 14 nas ruas de Anqing, leste da China.

Um indivíduo com uma faca atacou em abril do ano passado um jardim de infância em Beiliu, sul do país. Ele matou duas crianças e feriu 16 pessoas.

Em 2018, um homem que esfaqueou e matou nove crianças e feriu outras 11 no norte do país foi condenado à morte.

prw-oho/smw/es/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos