Ataque às escolas em Aracruz: Governador do ES diz acompanhar caso com "tristeza”

Governador do Espírito Santo lamentou tiroteio em escolas em Aracruz - Foto: Getty Images
Governador do Espírito Santo lamentou tiroteio em escolas em Aracruz - Foto: Getty Images
  • Governador do ES lamenta tiroteio em escolas;

  • Um colégio estadual e um particular foram surpreendidos com um atirador na manhã de hoje (25);

  • Renato Casagrande (PSB) enviou os secretários de Segurança e Educação para os locais.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), disse acompanhar o ataque a tiros às escolas na cidade de Aracruz, no norte do estado, “com sentimento de pesar e muita tristeza”. O relato foi compartilhado em seu perfil do Twitter na manhã desta sexta-feira (25).

“Com sentimento de pesar e muita tristeza, estou acompanhando de perto a apuração da invasão nas Escolas Primo Bitti e Darwin, em Aracruz. Todas as nossas forças de segurança estão empenhadas. Determinei o deslocamento dos Secretários de Segurança e Educação para acompanhar os trabalhos”, destacou.

Os enviados por Casagrande são Márcio Celante Weolffel e Vitor de Angelo, respectivamente. No Instagram, ele afirmou que suspendeu sua participação em um evento em São Paulo e que busca retornar ao Espírito Santo.

Linha do tempo do ataque à escola em Aracruz:

Apesar da declaração inicial do governador afirmar que a escola particular Darwin é uma das afetadas, o colégio divulgou uma nota no Instagram dizendo que a unidade Coqueiral de Aracruz do Darwin encerrou as atividades em 2021.

"Informamos que a escola particular em que aconteceu o tiroteio em Coqueiral de Aracruz, na manhã desta sexta-feira (25), não é uma unidade Darwin. O local em questão abrigou a unidade Coqueiral de Aracruz do Darwin até 2021, quando a escola encerrou as atividades no bairro. Toda a rede Darwin sente muito pelo ocorrido", escreveu.

Ataque às escolas do ES

De acordo com informações do g1, o atentado começou depois que um jovem invadiu a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Primo Bitti e fez disparos com uma pistola. Quatro pessoas ficaram feriadas e duas morreram.

Em seguida, ele se dirigiu a outra escola particular na região, onde feriu cinco pessoas e matou uma. A Folha Vitória relatou que o atirador vestia roupas camufladas.

Ao ouvirem os disparos, funcionários das escolas orientaram os alunos para que entrassem nas salas de aula. As identidades do criminoso e das vítimas não foram divulgadas até o momento.

Linha do tempo do ataque à escola em Aracruz: