Ataque israelense mata três na Síria em base militar pró-governo

BEIRUTE (Reuters) - Um ataque israelense contra uma base militar pró-governo sírio das Forças de Defesa Nacional (NDF, na sigla em inglês), no sul da Síria, matou três membros da NDF neste domingo, segundo a milícia do grupo e equipes de monitoramento.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um grupo britânico de monitoramento da guerra, disse que não está claro se o ataque na província de Quneitra foi aéreo ou por meio de bombardeios terrestres.

Israel realizou ataques aéreos ou lançou morteiros durante a guerra de seis anos na Síria, muitas vezes em resposta às ocasionais balas perdidas de combates entre as facções sírias.

O exército israelense se recusou a comentar os relatos. O exército sírio não pode ser contatado imediatamente para comentar.

O NDF disse que o ataque atingiu o seu campo militar no campo de Quneitra, que fica perto das Colinas de Golã, território que Israel capturou da Síria em uma guerra de 1967.