Ataque na cidade russa de Belgorod provoca 4 mortos

Pelo menos quatro pessoas morreram e dezenas de prédios ficaram danificados, este domingo, na sequência de explosões na cidade russa de Belgorod, na fronteira com a Ucrânia, de acordo com o Kremlin. Kiev e Moscovo trocam acusações quanto à responsabilidade do ataque.

Vyacheslav Gladkov, governador da região de Belgorod, referiu que uma das vítimas é russa e três são ucranianas e teceu duras críticas à Ucrânia.

O governo ucraniano está a matar cidadãos ucranianos no território da Federação Russa

Entretanto, o presidente da Bielorrússia disse que o seu exército tinha abatido mísseis disparados contra território bielorrusso, a partir da Ucrânia. Alexander Lukashenko defendeu que o país está a ser alvo de provocações.

Há cerca de três dias, eles tentaram atingir alvos militares na Bielorrússia

Lukashenko acrescentou ainda que "os sistemas antiaéreos Pantsir intercetaram todos os mísseis disparados pelas forças ucranianas".

De salientar que Kiev acusa Minsk de intervir no conflito como aliado de Moscovo, mas Lukashenko nega as acusações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos