Ataque no Texas: Prefeitura decide demolir Robb Elementary School, onde atirador matou 21

A Robb Elementary School em Uvalde, no estado americano do Texas, onde um atirador matou 19 alunos e duas professoras, será demolida. A informação foi confirmada nesta terça-feira pelo prefeito da cidade, Don McLaughlin.

Amor de infância: Vítimas de ataque no Texas que trocavam mensagens de 'eu te amo' são enterradas lado a lado

Mudança na suspeita inicial: Professora fechou porta de escola, mas tranca não funcionou

Sandy Hook, Columbine e Santa Fé: Relembre ataques a tiros em escolas dos EUA

— A escola será demolida. Você nunca pode pedir a uma criança ou a um professor para voltar àquela escola — disse McLaughlin após uma reunião com o conselho escolar e moradores.

O governante não informou uma data para a derrubada do edifício. Em maio, o senador estadual Roland Gutierrez já havia declarado à mídia local que o presidente dos EUA, Joe Biden, sugeriu derrubar a escola. A instituição tem cerca de 600 alunos na segunda, terceira e quarta séries.

Campanha online: Japonesa que vive na Bélgica há dez anos é eleita prefeita de cidade no distrito de Tóquio

A Robb Elementary não será a primeira escola a ser demolida após um tiroteio em massa. A Sandy Hook Elementary School em Newtown, Connecticut, foi demolida depois que 20 alunos de seis e sete anos e seis funcionários foram assassinados em 2012. Uma nova instituição de ensino foi construída no mesmo terreno.

A resposta da polícia ao ataque no Texas gerou polêmica e é alvo de uma investigação. Nesta terça-feira, o chefe de segurança pública do estado, Steven McCraw , revelou que havia policiais suficientes no local para deter o atirador Salvador Ramos, de 18 anos, três minutos depois que ele entrou no prédio. Os agentes, porém, esperaram por mais de uma hora fora das salas de aula antes de uma equipe entrar. McCraw disse ao Senado estadual que a resposta da polícia foi um "fracasso abjeto" e acusou o comandante no local de colocar a vida dos policiais acima da das crianças.

Veja fotos: Como era por dentro do restaurante flutuante de Hong Kong que afundou na China

A tragédia também retomou o debate nacional sobre as regulamentações de armas. Senadores dos Estados Unidos aprovaram na terça-feira o projeto de uma nova legislação para endurecer as lei federais sobre o tema. A nova lei propõem, por exemplo, que armas sejam temporariamente retiradas de pessoas consideradas perigosas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos