Ataque russo causa vazamento de nitrato de amônia na Ucrânia

A substância nitrato de amônio é um fertilizante e é a mesma que gerou a explosão no porto de Beirute, no Líbano, em 2020. (Foto: Reprodução)
A substância nitrato de amônio é um fertilizante e é a mesma que gerou a explosão no porto de Beirute, no Líbano, em 2020. (Foto: Reprodução)

Resumo da notícia

  • Rússia atacou a cidade de Slovianks, na Ucrânia

  • Bombardeio levou a um vazamento de nitrato de amônio

  • Substância é um fertilizante e foi o mesmo que gerou explosão no Líbano em 2020

A cidade de Sloviansk, ao leste da Ucrânia, foi bombardeada nesta quarta-feira (11), o que levou a um vazamento de nitrato de amônio. A substância é um fertilizante e chama atenção por ter sido a mesma que gerou a explosão no porto de Beirute, no Líbano, em 2020.

Quando o vazamento começou, autoridades locais pediram que os moradores ficassem dentro de casa e negaram que, por enquanto, haja risco para a população.

Nas redes sociais, moradores de Sloviansk divulgaram vídeos mostrando uma fumaça alaranjada e densa no céu.

Sem sinais do fim da guerra

A inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia disse nesta quarta-feira (11) que não vê a Rússia terminando a guerra em um curto espaço de tempo. "No momento, não há sinais de que o Kremlin [governo russo] pretenda acabar com a guerra na Ucrânia em um futuro próximo", disse o setor em comunicado.

Para a Defesa ucraniana, o que acontece, na verdade, seria o contrário. "Em vez disso, as tentativas de realizar a chamada 'mobilização secreta' continuam. Uma ativa campanha de agitação está em andamento", citando o suposto envio de jovens militares para a zona de combate.

Na terça-feira (10), os Estados Unidos, país aliado dos ucranianos, disseram que estão prevendo um "longo conflito" entre Rússia e Ucrânia.

Nesta quarta (11), o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, comentou que "a operação militar especial" - maneira como os russos chamam a invasão do território ucraniano - "está se desenvolvendo de acordo com o planejado", sem mencionar prazos.

A guerra já chegou ao seu 77º dia com mais ataques russos ao território ucraniano. Na fronteira da Rússia, porém, governadores regionais renovaram o "nível amarelo" para ameaça terrorista por mais duas semanas, até 25 de maio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos