Ataque a tiros em escola próxima a Washington deixa três feridos

AP Photo/Alex Brandon

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um ataque a tiros a uma escola no condado de St. Mary (80 quilômetros ao sul de Washington) deixou ao menos três pessoas feridas nesta terça-feira (20) no estado de Maryland, nos EUA, disseram autoridades locais.  

O estado de saúde das vítimas não foi divulgado, mas o porta-voz do condado, Tony Jones, disse que dois dos feridos são estudantes do colégio, que tem cerca de 1.500 alunos.  

Segundo as autoridades, o ataque já foi interrompido, mas não há detalhes de quem seria o atirador. 

"Houve um ataque a tiros na Great Mills High School. A escola está isolada e o evento está contido, o xerife está no local e novas informações virão a seguir", disse o departamento de escolas públicas do condado. 

Pouco antes das 11h de Brasília, o órgão informou que os alunos já estavam sendo retirados e que os estudantes estavam sendo levados a uma escola próxima para encontrar os pais. Por isso, o xerife de St. Mary pediu que os pais não fossem até a Great Mills e em vez disso se diretamente a um colégio nas proximidades, onde poderão se encontrar com seus filhos e receberem mais informações.   

Estudantes disseram à rede de TV CNN que os policiais estão passando de sala em sala e escoltando os alunos para fora do local.  

Policiais e agentes do FBI e do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas e Explosivos estão no local.

A adolescente Emma Gonzáles, uma das sobreviventes do ataque a uma escola em Parkland, na Flórida, em fevereiro, tuitou uma mensagem em apoio ao caso. "Nós estamos aqui para vocês, estudantes da Great Mills, juntos nós podemos impedir que isso nunca mais aconteça de novo". 

O ataque desta terça acontece quatro dias antes da marcha dos estudantes em Washington que pedirá novas medidas de controle de armas no país.