Ataque a tiros em hospital nos EUA mata quatro pessoas

Policiais e viaturas em frente a prédio espelhado
Ataque aconteceu no hospital St Francis, na cidade de Tulsa, Oklahoma

Ao menos quatro pessoas morreram em um tiroteio nesta quarta-feira (1/6) em um hospital na cidade de Tulsa, Oklahoma, nos Estados Unidos, segundo a polícia local. Além delas, o próprio autor do ataque também morreu.

Há registro ainda de várias pessoas feridas.

Em entrevista coletiva, o vice-chefe de polícia Jonathan Brooks informou: "No momento, temos quatro civis mortos e um atirador morto".

Segundo Brooks, o autor do ataque, que ainda não foi identificado, possivelmente atirou em si mesmo. Não há informações sobre uma possível motivação para o ataque, do qual a polícia foi avisada por volta de 16h52 no horário local (17h52 em Brasília). O tiroteio aconteceu no hospital St Francis.

"Os policiais que chegaram à cena escutaram tiros no prédio e foi isso que os levou ao segundo andar", disse Brooks.

Falando à rede de TV ABC, o capitão Richard Meulenberg disse que a polícia recebeu uma ligação alertando que havia um homem armado no hospital.

Em um comunicado, a Casa Branca afirmou que o presidente dos EUA, Joe Biden, já foi informado sobre o tiroteio em Tulsa. O ataque acontece pouco mais de uma semana depois que 19 crianças e duas professoras foram assassinadas em uma escola primária na cidade de Uvalde, no Texas.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos