Ataque a tiros em salão de dança deixa ao menos 10 mortos em cidade perto de Los Angeles

Ao menos 10 pessoas morreram e 10 ficaram feridas em um ataque a tiros na noite de sábado em um salão de dança na cidade americana de Monterey Park, Califórnia, a cerca de 11 quilômetros do centro Los Angeles, segundo o Departamento de Polícia do Condado de Los Angeles. O suspeito fugiu do local após os disparos e continua foragido, informaram as autoridades na manhã deste domingo.

O caso ocorreu por volta das 22h no horário local (3h no horário de Brasília), em uma área que, no início do dia, havia sediado o Festival do Ano Novo Lunar na véspera do Ano Novo Chinês, um feriado importante em muitas comunidades asiáticas e que geralmente atrai dezenas de milhares de pessoas. As celebrações programadas para este domingo foram canceladas após o atentado.

— O Corpo de Bombeiros de Monterey Park respondeu ao chamado e tratou os feridos e declarou 10 das vítimas mortas no local — disse o capitão Andrew Meyer à imprensa. — Há pelo menos 10 vítimas adicionais que foram transportadas para vários hospitais locais e estão listadas em várias condições, de estável a crítica.

Ainda não há informações sobre a motivação do ataque e a descrição do suspeito, acrescentou Meyer.

— É muito cedo para dizer se o ataque teve motivação racial. Vamos analisar todos os ângulos para saber se foi um crime de ódio ou não. Tudo o que posso dizer é que foi uma arma de fogo que foi usada — disse ele a repórteres, sem mais detalhes.

O morador Wong Wei disse ao jornal Los Angeles Times que uma amiga dele estava no local do ataque. Ao sair do banheiro da boate, ela teria visto um homem armado e três corpos: duas mulheres e um homem que ela identificou como o dono do estabelecimento.

Monterey Park, com uma população de cerca de 60 mil pessoas, é cerca de 65% asiática-americana e 27% hispânica ou latina, de acordo com dados do governo. A cidade foi a primeira nos Estados Unidos continental a ter uma maioria de residentes com ascendência asiática, já que comunidades de imigrantes de Taiwan, China continental, Japão e Vietnã se estabeleceram lá.

De acordo com empresas locais, a área costuma ser tranquila, com pouca violência. Não há casos semelhantes anteriores, de acordo com registros do FBI.